Você está aqui:

Projeto especial: Memorial em homenagem às vítimas

Uma das principais demandas dos familiares das vítimas do rompimento das barragens da Vale S.A., em Brumadinho, foi a construção de um memorial em honra àqueles que perderam suas vidas, chamados de Joias pelas famílias. O memorial será o registro edificado da trajetória das vítimas, bem como de seus familiares e amigos, que ficaram, não apenas com a dor da saudade e as lembranças, mas também com o desejo de honrar e homenagear cada uma dessas Joias.

O memorial será um espaço de reflexão e contemplação, cercado pela natureza e repleto de árvores que florescem a cada novo ciclo, para mostrar que, apesar da dor, a vida continua. Nesse espaço, será contada a história das 272 vidas perdidas de forma tão brutal e devastadora, para que elas sejam eternamente lembradas e para que tragédias assim nunca mais se repitam.

As famílias das vítimas, representadas pela Associação dos Familiares de Vítimas e Atingidos pelo Rompimento da Barragem Mina Córrego do Feijão em Brumadinho (Avabrum), são protagonistas de todo o processo de construção do memorial, desde a seleção da área e do projeto arquitetônico, até a recepção final da obra e a definição do modelo de gestão do espaço.

Os órgãos do Poder Executivo Estadual, coordenados pelo Comitê Gestor Pró-Brumadinho, juntamente com o Ministério Público de Minas Gerais e a Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais, atuam como apoiadores nas negociações e tratativas junto à Vale S.A, que, como responsável pelo dano irreparável causado às famílias, se encarregará do custeio e da manutenção vitalícia do memorial.

 

  

Foto: Adriano Machado / Reuters.                                         Foto: CBMMG.

 

Histórico

O governador Romeu Zema recebeu os dirigentes da Avabrum, em setembro de 2019, acompanhado pela secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Elizabeth Jucá, e pela Coordenação do Comitê Gestor Pró-Brumadinho. Na ocasião, o governador se comprometeu a envidar todos os esforços e realizar as negociações necessárias para a concretização do Memorial em Honra às Vítimas.

Em novembro de 2019, foi realizada uma assembleia ampliada em Brumadinho, que contou com a participação de mais de 150 familiares e também de diversos representantes do Poder Executivo Estadual, Ministério Público de Minas Gerais e Defensoria Pública do Estado, ratificando o compromisso e a prioridade dada pelo poder público no apoio à Avabrum para a implantação do memorial.

Na data em que o desastre completou um ano, 25 de janeiro de 2020, foi realizada uma cerimônia em honra às vítimas e lançada a pedra fundamental do memorial, com a presença dos familiares das vítimas, da direção da Avabrum, do governador Romeu Zema e de representantes do poder público. Foi um importante e emocionante momento de homenagem às vítimas, com respeito, dignidade e serenidade.

Após as negociações iniciais, foram apresentadas, ainda em 2019, quatro propostas arquitetônicas à Diretoria da Avabrum, que selecionou duas para apresentação às famílias de vítimas. De forma participativa e democrática, em 27 de março de 2020, foi eleita – por meio virtual, dadas as restrições impostas pela pandemia da Covid-19 – o projeto do escritório GPA&A, do arquiteto Gustavo Penna.

O vídeo com a prospecção do projeto arquitetônico escolhido pode ser acessado no site da AVABRUM clicando aqui.