Minas firma parceria para a doação de fertilizantes para a agricultura familiar

Conteúdo Principal

Minas firma parceria para a doação de fertilizantes para a agricultura familiar

Submitted by 386.303.168-70 on Seg, 29/01/2024 - 12:20
Seapa coordenará os trabalhos e Emater-MG prestará assistência técnica; distribuição para pequenos produtores de 270 cidades mineiras será definida com entidades do setor rural, prefeituras e iniciativa privada
Publicado em: 29/01/2024
Secretário de Agricultura, Thales Fernandes, assina termo de cooperação acompanhado do vice-governador Professor Mateus e do presidente da Harsco, Wender Andrade Alves.

Na manhã desta segunda-feira (29/1), o Governo de Minas oficializou nova parceria com a empresa Harsco Environmental para a doação anual de pelo menos 10 mil toneladas de fertilizantes para a agricultura familiar de 270 municípios mineiros. A expectativa é a de que cerca de 2 mil agricultores sejam beneficiados por ano.

“O hortifruti é produzido essencialmente pelo agricultor familiar no Brasil, e em Minas Gerais isso é ainda mais evidente, e portanto precisamos apoiar esse segmento para garantir uma alimentação adequada, saudável, disponível e a preço justo para todas as pessoas”, constatou o vice-governador de Minas, Professor Mateus, ao acompanhar a assinatura da parceria, que terá período inicial de cinco anos.

O documento foi firmado pelo secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e  Abastecimento (Seapa), Thales Fernandes, pelo diretor-presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG),  Otávio Maia, e pelos representantes da Harsco Environmental: o presidente na América Latina, Wender Andrade Alves, e o diretor, Celio Eduardo de Oliveira.

O secretário Thales Fernandes frisou que o programa vai viabilizar a doação dos fertilizantes, distribuídos com a assistência técnica da Emater-MG e a análise de solos feita pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), tudo em parceria com as prefeituras e a iniciativa privada.

“O resultado será a correção do solo para aumento da produtividade e lavouras mais eficientes, o que nós da Seapa e vinculadas buscamos cada vez mais”, destacou Fernandes.

Os parâmetros para distribuição e logística serão definidos pela Seapa, em conjunto com Emater-MG, prefeituras e entidades do setor rural. Em paralelo, a empresa de assistência técnica fornecerá orientações aos pequenos  produtores beneficiados sobre o uso adequado do produto. 

Inicialmente, serão contemplados agricultores de municípios de nove unidades regionais da Emater-MG no estado: com sede em Belo Horizonte, Governador Valadares, Guanhães, Ipatinga, Manhuaçu, Muriaé, Ponte Nova, Sete Lagoas e Viçosa. As regionais e os municípios selecionados estão localizados em um raio de até 300  quilômetros do município de Timóteo, na região do Vale do Rio Doce, onde a empresa parceira tem unidade em Minas Gerais.

Os agricultores, silvicultores e pecuaristas selecionados devem ser,  necessariamente, atendidos por extensionistas da Emater-MG. Os resultados esperados incluem a melhoria dos solos, o aumento da produtividade, a recuperação de áreas agricultáveis e de pastagens degradadas, com a consequente redução da pegada de carbono.

“Desenhamos um projeto em que vários municípios vão poder assinar a parceria com a gente e retirar os fertilizantes para a doação aos pequenos produtores. O objetivo é levar bem-estar social para os agricultores familiares do nosso estado, que vão aumentar a produtividade nas suas propriedades com sustentabilidade”, explica o diretor-presidente da Emater-MG, Otávio Maia.

Beneficiários

O produtor rural e vice-presidente da Associação de Agricultores Familiares da Região do Vale do Aço (Agrifarm), José Aparecido Caladão, de Coronel Fabriciano, é um dos beneficiados pela entrega.

“Receber esses fertilizantes será muito importante, principalmente neste início de ano, para alavancar o nosso solo. O nosso pessoal é muito simples e isso vai nos ajudar demais na produtividade, na economia, porque são pessoas que basicamente vivem da terra”, disse José Aparecido. 

Além de comercializar para mercados institucionais, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), a associação realiza donativos do excedente produzido para o Banco de Alimentos da Prefeitura Municipal, oferecendo produtos como abóbora, cebola e hortaliças.

"Hoje, nós atendemos 200 famílias de Coronel Fabriciano acompanhadas pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras), levando dignidade e alimentos de qualidade para essas pessoas em situação de vulnerabilidade. A parceria com a Agrifarm é de suma importância para esse trabalho", relatou o coordenador do Banco de Alimentos, Eder Mendes Nogueira.

A Associação de Agricultores Familiares da Região do Vale do Aço tem, atualmente, 28 associados e, nos seus cinco anos de existência, sempre foi assistida pela Emater-MG.

Protocolo de intenções

Em dezembro do ano passado, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento  Econômico (Sede), a vinculada Invest Minas e a Harsco Environmental assinaram protocolo de  intenções com o objetivo de formalizar o interesse da empresa em investir no estado, e o compromisso do Governo de Minas em viabilizar a colaboração.

O secretário Fernando Passalio também chamou a atenção para o alcance dos pequenos agricultores em Minas.

“É uma atividade econômica importantíssima, que tem sido um diferencial na atividade da geração de emprego e renda, gerando prosperidade no interior”, enfatizou.

Para os próximos dois anos, está previsto um aporte de R$ 220 milhões da parceira privada em Minas Gerais.

“Essa iniciativa representa o nosso compromisso com a responsabilidade socioambiental e esperamos que inspire outras semelhantes", pontuou o presidente da Harsco Environmental na América Latina, Wender Andrade Alves.

 

Jornalista responsável: Paula Machado - Com informações da Agência Minas

Foto: Diego Vargas/Seapa

 

Galeria de fotos: https://www.mg.gov.br/agricultura/pagina/galeria-de-fotos-minas-firma-p…

Compartilhe via: