Epamig Itap conta com infraestrutura de fazenda-escola para aulas práticas

Conteúdo Principal

Epamig Itap conta com infraestrutura de fazenda-escola para aulas práticas

Submitted by 386.303.168-70 on Sex, 09/02/2024 - 14:49
Inscrições para o curso pioneiro em Agropecuária de Precisão terminam na próxima semana
Publicado em: 09/02/2024
Estudante de jaleco utiliza um microscópio com outros colegas ao redor

O Instituto Tecnológico de Agropecuária de Pitangui (Itap), vinculado à Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), está com inscrições abertas para os interessados em ingressar no Curso Superior de Tecnologia em Agropecuária de Precisão, no ano de 2024. São ofertadas 40 vagas. O curso é presencial e gratuito, com regime acadêmico em tempo integral, duração de seis semestres letivos e obrigatoriedade de estágio supervisionado.

As inscrições terminam no dia 18 de fevereiro (sexta-feira). A seleção dos candidatos será pela nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nos anos de 2020, 2021, 2022 ou 2023. Caso o interessado tenha realizado o Exame em mais de uma edição nesse período, será considerada a maior nota. As vagas serão distribuídas em cinco modalidades, de acordo com a Lei 22.570 da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que dispõe sobre as políticas de democratização do acesso e de promoção de condições de permanência dos estudantes nas instituições de ensino superior mantidas pelo Estado.

Também está disponível o edital de vagas remanescentes que irá atender aqueles candidatos que já concluíram o ensino médio, mas não fizeram o Enem no período especificado ou em outra oportunidade, além dos interessados na transferência de curso ou na obtenção do novo título, caso as vagas ofertadas não sejam preenchidas.

Conhecimento e prática

O curso superior de Tecnologia em Agropecuária de Precisão da Epamig Itap é o primeiro do Brasil com este enfoque e conta com a infraestrutura de uma fazenda-escola para a realização de aulas práticas e aplicadas. “Nos cursos tecnólogos, os conteúdos básicos são mais integrados aos conteúdos aplicados, o que possibilita aos egressos chegarem mais preparados ao mercado de trabalho ou para empreenderem”, ressalta o chefe-geral do Instituto, Frederico Passos.

O currículo abrange aspectos agronômicos, como nutrição de plantas, controle de pragas e doenças, e tratos culturais, além de conhecimentos zootécnicos, como nutrição animal, melhoramento genético e ambiência. “Para enriquecer ainda mais a formação, os alunos têm acesso a uma gama de equipamentos de última geração presentes no mercado. Isso inclui experiências práticas, como monitoramento e pulverização por meio de drones, operação de tratores autônomos, análise de dados, utilização de sensores no campo, dentre outras tecnologias”, detalha o coordenador do curso Thiago Furtado.

Infraestrutura

O Instituto Tecnológico de Agropecuária de Pitangui integra a estrutura da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), que completa 50 anos no próximo mês de agosto. Fundado em 1990, como Instituto Técnico de Agropecuária e Cooperativismo, atuou na formação de 980 técnicos em Agropecuária até o final de 2021. A mudança do nome veio com a criação do curso superior, instituído em 2022. 

A Fazenda-Escola, na zona rural de Pitangui, possui 442 hectares, sendo 88,4 ha de reserva legal. A área é banhada pelos rios São João e Pará. O edifício-sede abriga as salas de aula e os laboratórios, além de salas de estudo e de tutoria, biblioteca, auditório e anfiteatro. Novos espaços, como os laboratórios de Fisiologia Vegetal, de Microbiologia, de Físico-química, de Biologia Molecular, de Física e Eletrotécnica, e de Precisão, além de salas de estudo e de tutoria, estão sendo instalados.

As áreas de campo contam com estrutura para criação de animais – bovinos, aves e abelhas – e para a agricultura – olericultura, culturas anuais, fruticultura, cafeicultura e casas de vegetação. “Esta combinação de teoria e prática permite que os estudantes desenvolvam adequadamente as habilidades necessárias para enfrentar os desafios contemporâneos no setor agropecuário. A grade e a proposta do curso foram pensadas para atender uma necessidade crescente do mercado, que está em busca de mão-de-obra qualificada que una o conhecimento teórico ao domínio e à aplicação da tecnologia no dia-dia da propriedade”, destaca o coordenador de Ensino da Epamig Itap, Robson de Assis Souza.

Mais informações neste link.

Epamig ILCT

A Epamig Instituto de Laticínios Cândido Tostes (Epamig ILCT) também está com inscrições abertas até o dia 18 de fevereiro. São 40 vagas para o Curso Superior de Tecnologia em Laticínios, em Juiz de Fora. O edital e mais informações podem ser consultados em https://www.epamig.br/ilct/processoseletivo/

 

Jornalista responsável: Mariana Assis

Foto: Alessandro Botelho/ Epamig Itap
 

Compartilhe via: