Solicitar registro de ocorrência de acidente de trânsito sem vítima

Conteúdo Principal

O que é?

Você pode solicitar registro de ocorrência de acidente de trânsito sem vítima sofrido em Minas Gerais, no prazo de até 30 dias do fato, de forma on-line, por meio da Delegacia Virtual, sem necessidade de se deslocar até uma unidade policial.

Etapas, custos e documentos

1
Acessar a Delegacia Virtual

Você deve acessar o serviço por meio do site da Delegacia Virtual ou  pelo aplicativo MG App.

Atenção: serão solicitadas, durante o registro, as seguintes informações: 

  • nome completo, data de nascimento, escolaridade, sexo, estado civil e nacionalidade;
  • endereço completo;
  • números da carteira de identidade e do CPF do (a) solicitante ou do passaporte/RNE [solicitante estrangeiro (a)];
  • e-mail e celular do (a) solicitante;
  • dados do (s) veículo (s) e do (s) condutor (es) envolvido (s) na ocorrência.

Obs.: é possível anexar fotos dos veículos envolvidos e do local do acidente. 

O prazo para preenchimento e envio dos dados ao sistema é de 30 minutos. Por isso, é importante que você esteja com todos os dados e as imagens de forma acessível antes de iniciar o registro. 

Canais de prestação
Aplicativo / celular
2
Escolher a natureza da ocorrência

Para o caso específico, você deverá selecionar a opção “Acidente de trânsito sem vítima”.

3
Preencher os formulários

Você deverá preencher os formulários que são gradativamente apresentados na tela.
Todo o processo é intuitivo.

Valor

Gratuito

4
Acompanhar o resultado da triagem

Concluído o envio dos dados ao sistema, dentro de 45 a 60 minutos, consulte o e-mail informado.
Caso a sua solicitação tenha sido validada após a triagem da equipe técnica, você receberá uma  mensagem com o número do Registro de Evento de Defesa Social (Reds), antigo boletim de ocorrência, a forma de acessá-lo no Sistema Integrado de Defesa Social (Sids) e como fazer a impressão. 

Se, por algum motivo, após a triagem, a sua solicitação não puder ser validada pela Delegacia Virtual, você será orientado a procurar uma unidade policial presencialmente. 

Atenção: Caso a mensagem da Delegacia Virtual não apareça na caixa de entrada principal do seu e-mail, verifique se não foi direcionada como lixo eletrônico ou spam. Se você não tiver recebido, entre em contato com a equipe da Delegacia Virtual pela opção "Fale Conosco", no próprio sistema, e relate o problema.

Quanto tempo leva?

O prazo da sessão para você preencher os formulários e enviar os dados ao sistema é de até 30 minutos. 

A triagem pela equipe técnica da Delegacia Virtual ocorre no período aproximado de 45 a 60 minutos. 

Quem pode utilizar este serviço?

Brasileiro (a) ou estrangeiro (a), maior de 18 anos e que tenha CPF ou passaporte/RNE, que necessita registrar boletim de ocorrência com incidência em Minas Gerais.

Dúvidas frequentes

Que tipo de acidente de trânsito pode ser registrado na Delegacia Virtual?

Na Delegacia Virtual, somente é possível registrar acidentes de trânsito sem vítimas. As demais ocorrências que envolverem vítimas, ainda que seja o próprio condutor, deverão ser realizadas em uma unidade da Polícia Civil ou da Polícia Militar.

  1. Quero registrar um acidente de trânsito sem vítima com mais de um envolvido, porém não tenho as informações do outro condutor ou do outro veículo. Como proceder?

Caso o outro envolvido tenha evadido do local sem prestar esclarecimentos nem prover informações para o registro da ocorrência, é necessário que o registro seja efetuado presencialmente em uma unidade policial.

  1. A solicitação de registro pela Delegacia Virtual tem a mesma validade de um registro feito presencialmente em uma unidade policial?

Sim. A solicitação será analisada por uma equipe da Delegacia Virtual, e, assim que for validada, torna-se um  Registro de Evento de Defesa Social (Reds)/boletim de ocorrência, com o mesmo valor que um registro realizado presencialmente em uma unidade policial.

  1.  Em qual horário posso solicitar o registro de uma ocorrência na Delegacia Virtual?

A solicitação poderá ser realizada pela internet, 24 horas por dia, todos os dias da semana.

  1. Sou de outro estado ou de outro país. Posso abrir uma solicitação de ocorrência na Delegacia Virtual de Minas Gerais?

Sim, desde que o fato a ser registrado tenha acontecido no estado de Minas Gerais e o solicitante tenha os dados necessários para efetuar a solicitação.

  1. A solicitação de registro de ocorrência pela Delegacia Virtual pode não ser validada?

Sim. Caso a equipe da Delegacia Virtual verifique que os dados informados não conferem com as informações cadastradas nos sistemas de informações policiais ou se as informações sobre a natureza da ocorrência solicitada não forem compatíveis para atendimento na Delegacia Virtual, a solicitação não será validada, portanto não haverá o registro da ocorrência.

Nessas situações, o (a) solicitante será orientado (a), via e-mail, sobre o procedimento a ser adotado.

  1. É possível fazer uma denúncia anônima no site da Delegacia Virtual?

Não. As denúncias anônimas deverão ser comunicadas por meio do Disque-Denúncia, pelo telefone 181. Se você tem conhecimento de algum crime que esteja sendo praticado e que ainda não foi denunciado, faça a sua parte, denuncie.

  1. É possível um terceiro, parente, amigo ou interessado solicitar o registro de uma ocorrência via Delegacia Virtual?

No caso de acidente de trânsito sem vítima, a solicitação de registro deverá ser feita pelo (a) próprio (a) solicitante (condutor ou proprietário) maior de 18 anos ou o seu representante legal, se pessoa jurídica.

  1. Posso alterar a minha solicitação de registro criada na Delegacia Virtual após tê-la finalizado no sistema?

Não. Após finalizado o registro de ocorrência na Delegacia Virtual, a inclusão ou a alteração de informações só poderá ser realizada em uma unidade física da Polícia Civil ou da Polícia Militar.

Para confirmar a autoria do registro após a validação de preenchimento das informações da solicitação de registro de ocorrência, visando evitar fraudes.

  1. Fiz a solicitação de ocorrência na Delegacia Virtual, mas também pretendo fazê-la na unidade física. Isso é possível?

Uma vez validado o registro solicitado na Delegacia Virtual, você não deve registrar novamente o fato em uma unidade policial física para evitar a duplicidade de registro. 

  1.  Não quero abrir uma solicitação de ocorrência na Delegacia Virtual. Posso ir a uma unidade policial?

Sim. A Delegacia Virtual é uma alternativa para facilitar e agilizar a solicitação de registro. Se preferir, você tem o direito de solicitar a prestação de atendimento em unidades policiais ou o comparecimento de viaturas até ao local do fato quando necessário.

  1.  Perdi meu protocolo de solicitação de ocorrência. Como consultá-la?

As solicitações de ocorrência poderão ser consultadas em “Acompanhar Solicitação” (clique AQUI). Para isso, basta fornecer as seguintes informações: o tipo de solicitante e a nacionalidade. Se for brasileiro, deverão ser preenchidos os campos: nome do solicitante, CPF, RG e UF do RG e data de nascimento. Se for estrangeiro, deverão ser preenchidos os campos: nome do solicitante, um dos documentos RNE ou passaporte informado na hora do cadastro da solicitação, data de nascimento. Caso o solicitante seja pessoa jurídica, deverão ser preenchidos os campos razão social e CNPJ.  

  1.  Recebi um e-mail da Delegacia Virtual e não fiz nenhum registro. É vírus?

Primeiramente, certifique-se que o e-mail recebido é de fato da Delegacia Virtual (o único e-mail de contato utilizado é delegacia.virtual@prodemge.gov.br). Se não for esse o caso, é possível que alguém tenha usado seu endereço de e-mail para registro. Colabore e avise à polícia por meio da opção "Fale Conosco" no próprio site da Delegacia Virtual.

  1. Além de acidente de trânsito sem vítima, quais outras solicitações de registro de ocorrência podem ser feitas pela Delegacia Virtual?

Perda de documentos e objetos; furto; dano; pichação; desaparecimento de pessoa; localização de desconhecido; localização de desaparecido; além de ameaça, vias de fato/lesão corporal e descumprimento de medida protetiva no âmbito da violência doméstica.

Outras informações

Para saber mais sobre a Delegacia Virtual, clique AQUI.

Além do site próprio e do aplicativo MG App, você pode acessar a Delegacia Virtual por meio dos portais da Polícia Civil de Minas Gerais e do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG).

Para utilizar a Delegacia Virtual, é necessário que os pop-ups e o javascript do navegador estejam habilitados. 

Atualizado em: 07/11/2023 - 15:21