Minas Atende

 

 

Objetivos e informações gerais do Programa

O Programa Estratégico Minas Atende tem como objetivo principal a transformação dos serviços públicos com foco no cidadão. O Programa tem como premissas a utilização de práticas inovadoras, soluções digitais e o estabelecimento de parceria com várias organizações para oferecer a melhor experiência para o cidadão quando ele utilizar o serviço público mineiro com o intuito de melhorar a sua satisfação. Os serviços podem ser acessados por meio do MG App, aplicativo estadual que reúne serviços do Detran, COPASA, CEMIG dentre outros. O cidadão pode acessar serviços como situação do veículo, contas de água e luz, solicitar a 2ª via da CNH além de realizar agendamento dos serviços de emissão de identidade, de trabalho e seguro-desemprego que são prestados pelas UAIs.  Além disso, o cidadão também pode acessar os serviços estaduais por meio do Portal do Governo no endereço www.mg.gov.br.

 

Frentes de Trabalho

O programa foi construído baseado em 5 frentes, com os seguintes objetivos:

  1. Simplificação de procedimentos: melhorar a prestação de serviços por meio da desburocratização dos procedimentos e da redução de exigências feitas aos usuários dos serviços públicos, eliminando a exigência de autenticação de documentos e de documentos emitidos pelo próprio Estado.
  2. Inovação de serviços públicos: transformar os serviços públicos por meio de soluções inovadoras com foco no digital e na melhoria da experiência do usuário. 
  3. Melhoria do relacionamento com o cidadão: aprimorar e ampliar os canais de atendimento existentes ou disponibilizar novas formas de relacionamento que facilitem o contato entre o cidadão e o governo mineiro com o olhar para o cidadão que não tem acesso à internet ou dificuldade para acessá-la.
  4. Ampliação da cobertura de telefonia móvel: reduzir as desigualdades regionais e promover o desenvolvimento econômico e social das regiões do Estado de Minas Gerais por meio da disponibilização de tecnologia 4G para localidades pequenas com a população em torno de 600 habitantes que não tem acesso ao serviço móvel para acessar os serviços digitais disponibilizados pelo governo mineiro.
  5. Incentivo e desenvolvimento dos servidores: capacitar os servidores públicos para adoção de ferramentas e metodologias para melhorar a experiência do usuário do serviço público mineiro além de premiar ideias e iniciativas inovadoras criadas e implementadas pelos servidores públicos.

 

Notícias relacionadas

 

Uso de assinatura avançada no Governo de Minas.

Em função da Lei Federal nº 14.063, de 23 de setembro de 2020, que exige que sejam publicados no site os requisitos mínimos para aceitação de assinatura avançada, o Governo de Minas expediu a Deliberação SUBGOVES nº. 1/2021. Acesse aqui a deliberação que estabelece os requisitos e mecanismos mínimos para reconhecimento de assinatura eletrônica avançada.

 

Mapa de Transformação de Serviços de Minas Gerais

 

Principais resultados do Programa

   ANO    Número de serviços simplificados Número de serviços transformados  Canais de Atendimento   Índice de Transformação Digital 
2019 29 34 37 52%
2020 76 92 43 66,96%
2021 156 153 47 75,34%

2022 (até outubro)

194 193 55 78,15%

 

Estatísticas dos canais de atendimento

ANO  155 (ligações atendidas) Portal Mg (sessões) MG App (usuários) UAIs (atendimentos) Terminais (acessos)
2018 2.681.140 11.330.957 208.085 6.553.624 -
2019 2.109.733 13.517.574 458.185  5.849.791  -
2020 1.314.319 17.305.452 917.881 2.698.653 149768
2021 1.342.219 21.017.352 1.700.478 3.218.014 581.235
2022 (até outubro) 984.736 14.431.107 2.635.000 2.793.452 873.264

 

Avaliação da satisfação dos canais de atendimento

   ANO    mg.gov.br cidadao.mg.gov.br  MG app - Cidadão (Google Play)   MG app - Cidadão (Apple Store)   155 (LigMinas)   Terminal de Autoatendimento   Unidade de Atendimento Integrado (UAI) 
2022 (até outubro) 4,09 3,91 4,3 4,5 91,64% 94,50% 94,80%

 

Abaixo arquivo contendo a metodologia de avaliação dos canais de atendimento.

Clique aqui para baixar o arquivo da metodologia