Visitar o Museu do Crédito Real

Conteúdo Principal
Atualizado em: 01/08/2021 - 00:28

O que é?

O museu foi inaugurado em 1964, em Juiz de Fora, com o objetivo de preservar e difundir a história do Banco do Crédito Real. A história do Banco do Crédito Real remete à época do Império, quando, em 1889, D. Pedro II autorizou seu funcionamento como a primeira instituição financeira de Minas Gerais, cujo objetivo maior era atender à classe dos cafeicultores e comerciantes da região.

Serviço gratuito.

Etapas, custos e documentos

1
Agendar Visitas

Museu temporariamente fechado para readequação da exposição de longa duração. Em breve reabriremos com novidades!

Canais de prestação
2
Visitar o Museu

Museu temporariamente fechado para readequação da exposição de longa duração. Em breve reabriremos com novidades!

Canais de prestação
Presencial

Museu do Crédito Real -  Rua Getúlio Vargas, 455, Centro -  Juiz de Fora - MG

Quanto tempo leva?

A visita ao Museu do Crédito Real leva aproximadamente uma hora.

Quem pode utilizar este serviço?

Qualquer cidadão.

Outras informações

O Museu conta a história do cenário bancário desde o período colonial até a atualidade, com um acervo composto por aproximadamente 1.000 objetos, dentre eles: maquinários, objetos de escritório, cédulas bancárias e moedas de diferentes épocas e países, além de fotografias, filmes, pinturas, gravuras e livros.

O Museu do Crédito Real busca preservar, pesquisar, dar acesso e divulgar a memória do Banco do Crédito Real, bem como promover o diálogo com o tempo presente.

- O Museu não abre aos sábados, domingos e feriados.

- As crianças abaixo de 12 anos devem estar acompanhadas de seus pais ou responsáveis.

- Não é permitida a entrada de animais.

Unidades onde o serviço é prestado

Município Unidade
Juiz de Fora Museu do Crédito Real