Você está aqui:

Obter auxílio para participação de intercâmbio para o desenvolvimento científico e tecnológico do Estado

Atualizado em 22/10/2019 às 13:36

O que é

Promover intercâmbio de pesquisadores por meio da concessão de auxílios, com vistas à capacitação e ao desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Pesquisadores que mantenham atividades acadêmico-científicas, com vínculo contratual ou estatutário com Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação no Estado de Minas Gerais – ICTMG;
  • Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação no Estado de Minas Gerais – ICTMG.

Órgão responsável

Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Fapemig

Etapas para realização deste serviço

1
Consultar chamadas abertas

Consultar no site da FAPEMIG as Chamadas que estão abertas. 

Valor

Sem Custo

Canais de Prestação

2
Solicitar cadastro como usuário externo no sistema Everest

Para cadastro é necessário que o usuário entre no Sistema Everest e siga as instruções.

Documentação

Siga as orientações para realizar o cadastro de usuário externo no link abaixo (Canais de Prestação).

Valor

Sem Custo

Canais de Prestação

3
Submeter proposta

A submissão das propostas deverá ocorrer eletronicamente, via sistema EVEREST acompanhada da documentação completa exigida em cada modalidade. Todas as modalidades disponíveis são divulgadas na página da FAPEMIG e as condições para a submissão estão descritas em seu Regulamento específico.

Documentação

De acordo com a chamada aberta.

Valor

Sem Custo

Canais de Prestação

4
Aguardar o julgamento da proposta

As propostas submetidas serão analisadas pela FAPEMIG para avaliação da documentação encaminhada e adequação da proposta à Modalidade.

Valor

Sem Custo

Canais de Prestação

5
Aguardar o contato da FAPEMIG

As propostas aprovadas pela FAPEMIG serão financiadas mediante instrumento jurídico específico, assinado eletronicamente por meio do Sistema Eletrônico de Informações - SEI. Após assinatura, o extrato do instrumento jurídico será publicado no Diário Oficial do Estado.

Valor

Sem Custo

Canais de Prestação

6
Solicitar cadastro como usuário externo no Sistema Eletrônico de Informação – SEI

Para cadastrar o usuário, é necessário que entre no Sistema Eletrônico de Informações e siga as instruções.

Documentação

Siga as orientações para realizar o cadastro de usuário externo no link abaixo (Canais de Prestação).

Valor

Sem Custo

Canais de Prestação

7
Aguardar o recebimento do recurso financeiro

Os pagamentos serão efetuados seguindo os dispositivos da legislação estadual em vigor, conforme disponibilidade orçamentário-financeira.

Valor

Sem Custo

Canais de Prestação

8
Executar proposta

Na execução da proposta deverá ser observada a regulamentação específica e o Manual da FAPEMIG.

Valor

Sem valor

9
Prestar contas dos recursos financeiros

Após finalizada a execução da proposta, o beneficiário deverá prestar contas, conforme as exigências contidas na legislação, na Modalidade, no instrumento jurídico e manual da FAPEMIG. O usuário deverá realizar o login no sistema, SEI, clicar em peticionamento e em seguida processo novo, e selecionar o tipo de processos “FAPEMIG – Prestação de Contas Financeira.

Documentação

A prestação de contas deve observar as diretrizes prevista no manual da FAPEMIG, manual da prestação de contas as demais normas da Outorgante.

Valor

Sem Custo

Canais de Prestação

10
Prestar contas Técnica-Científica

Após finalizada a execução da proposta, o beneficiário deverá prestar contas da execução técnica do projeto e produtos gerados, conforme as exigências contidas no manual da FAPEMIG.

Documentação

A prestação de contas deve observar as diretrizes prevista no manual da FAPEMIG, manual.

Valor

Sem Custo

Canais de Prestação

Quanto tempo leva?

O tempo é variável conforme cada modalidade, variando de 30 a 90 dias. 

Outras informações

A concessão de apoio pela FAPEMIG está condicionada à comprovação do bom uso dos recursos recebidos pelo parceiro beneficiário, conforme as exigências contidas na legislação, na Modalidade e no instrumento jurídico.

A FAPEMIG se reserva o direito de não repassar o recurso previsto, caso haja inadimplência de qualquer dos partícipes signatários do instrumento jurídico.

Aguarda o contato da FAPEMIG para assinatura do instrumento jurídico, caso proposta tenha sido aprovada.

Mais informações sobre o processo de assinatura eletrônica podem ser obtidas na página da FAPEMIG.

Clique aqui para acessar o site da FAPEMIG. Ou ligue para (31) 3280-2100.

Dúvidas frequentes

Qual o prazo para entrega do relatório técnico final?

Informamos que, conforme normas da FAPEMIG, o prazo para envio da documentação final, contendo os resultados dos projetos e das bolsas, é de até 60 dias após o encerramento da vigência do projeto.

Como prestar contas na modalidade estágio-técnico científico?

Informamos que a prestação de contas científica de projetos do programa “Estágio Técnico-Científico” é composta pelo envio de um relatório descritivo contendo as atividades desenvolvidas, a avaliação do orientador ou da instituição onde foi realizado o programa, bem como cópia da produção científica (artigos, certificados e comprovantes de submissão ou aceite ou publicação). Essas informações poderão ser enviadas para o sistema da Central de Informações da FAPEMIG https://fapemig.br/pt/envio-de-perguntas/ – como arquivo anexo no formato DOC ou PDF.

Lembramos que, em todo documento enviado à FAPEMIG, deverá ser informado o número do projeto a que se refere e a devida menção ao apoio da FAPEMIG nos produtos oriundos do projeto.

O que devo anexar na aba documento eletrônico, no campo "documento de publicação"?

No campo Documento de Publicação, devem ser anexados produtos oriundos do projeto. Estando todos os produtos acordados já anexados, pode ser anexado ao campo um documento com o título “Não se Aplica”.

O que é a contrapartida financeira e a contrapartida econômica?

As contrapartidas financeiras são aquelas em que a Entidade beneficiária complementa a necessidade de recursos para execução do Projeto com recursos próprios ou de terceiros que foram captados por ela. Neste caso podem ser recursos dos associados, das empresas que serão beneficiadas pelo Projeto, de um outro órgão financiador da atividade.

As contrapartidas econômicas são aquelas em que não há aplicação direta de recursos por parte da Entidade beneficiária, mas são computados os bens, serviços e mão de obra alocada ao Projeto. Normalmente existem limitações na aplicação de contrapartida econômica.

Dessa forma, a contrapartida financeira o solicitante entra com valor em dinheiro vivo seja próprio ou de terceiros enquanto na contrapartida econômica o solicitante entra com o valor avaliado nos bens, serviços e mão de obra disponibilizados pela Entidade beneficiária para o projeto (exemplo: galpão ou laboratório ou universidade para a pesquisa; carro próprio ou dos membros de equipe para a pesquisa, máquinas; ou serviços, quando utiliza um serviço já existente).

Outras dúvidas

Acessehttp://www.fapemig.br/duvidas-frequentes

Unidades onde o serviço é prestado