Você está aqui:

Antônio Andrade

Mandato de: 
01/01/2015

Antônio Andrade iniciou-se na política em Vazante, no Noroeste mineiro, município de menos de 20 mil habitantes.

Há 25 anos na vida pública, ele nunca abandonou suas origens. Mineiro de Patos de Minas, produtor rural e engenheiro civil, foi presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Vazante.

Filiou-se ao PMDB em 1987 e, no ano seguinte, foi eleito prefeito da cidade.

Exemplo de boa gestão para a região, em 1994 conquistou uma cadeira na Assembleia Legislativa, aonde permaneceu por 12 anos.

Com seu estilo simples e discreto, despontou como liderança na Casa. Em 2001 e 2002 foi líder do governo Itamar Franco na Assembleia.

Como deputado estadual, também participou da direção do legislativo e foi membro de importantes comissões, como de Administração Pública, Agropecuária e Defesa do Consumidor.

Em 2006, foi eleito deputado federal, sendo reeleito em 2010. Em 2009 assumiu a presidência da Executiva Estadual do PMDB, cargo que ocupa até hoje.

Sempre fiel à bandeira que o colocou na vida pública – a defesa pelos direitos dos produtores rurais – Antônio Andrade também priorizou as melhorias na saúde e na educação.

Foi responsável por importantes conquistas para o Estado, como por exemplo, a instalação do campus da Universidade Estadual de Montes Claros em Paracatu e do campus da Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri, em Unaí.

Escolas estaduais também foram beneficiadas com recursos destinados por ele para reformas e ampliações, construções e coberturas de quadras poliesportivas e para mobiliários e equipamentos.

Na saúde, Antônio Andrade viabilizou recursos para a construção de postos de saúde, unidades básicas de saúde e para a compra de equipamentos hospitalares.

Antônio Eustáquio Andrade Ferreira é filho de Conceição Andrade Ferreira e Antônio Alves Ferreira. Nasceu em 1953 em Patos de Minas, mas foi criado em Vazante, onde seu pai foi eleito vereador em 1955.

Possui três filhos e um neto.

Engenheiro civil, graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pecuarista, Antônio Andrade, assim como Fernando Pimentel, representou Minas na equipe da presidente Dilma Rousseff (PT), tendo sido escolhido em 2013 para dirigir o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, cargo que ocupou até março de 2014.

No executivo federal, deu atenção especial aos pequenos produtores, tendo sido responsável pela liberação de máquinas para a produção rural e recuperação de estradas.

Agora, Antônio Andrade se une a Fernando Pimentel para, juntos, governarem o estado e devolverem Minas aos mineiros.