Tudo
Serviços
Unidades

Invista em Minas


Agronegócio vigoroso e promissor

 

Com vasto território, solo fértil e grandes reservas de água, Minas Gerais se destaca no agronegócio que corresponde a 12,4% do PIB nacional do setor, de acordo com dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP) que calcula o PIB do agronegócio mineiro com apoio financeiro da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa) e da Federação da Agricultura e pecuária de Minas Gerais (Faemg).

Em uma década, de 2001 a 2011, o PIB do agronegócio estadual passou de R$ 65,8 bilhões para R$ 118,7 bilhões, salto de 80,4%. No mesmo período, a participação do estado no agronegócio nacional aumentou de 9,5% para 12,4%.
 

EVOLUÇÃO DO AGRONEGÓCIO MINEIRO

ANO
PIB DO SETOR
(R$ BILHÕES)
PARTICIPAÇÃO NO
AGRONEGÓCIO BRASILEIRO
2001
65,8
9,5%
2002
68,5
9,0%
2003
73,1
9,1%
2004
81,0
9,8%
2005
77,0
9,8%
2006
88,4
11,2%
2007
93,2
10,9%
2008
103,3
11,2%
2009
99,3
11,4%
2010
114,7
12,7%
2011
118,7
12,4%
Fonte: Cepea/Esalq/USP

 

O estado se destaca em vários segmentos da agricultura e da pecuária. De acordo com o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Minas Gerais é o maior produtor de café e batata-inglesa do país, o segundo de cana-de-açúcar, feijão, alho e sorgo, e o terceiro de banana, tomate e abacaxi. É também o maior produtor de leite, o segundo maior de ovos e está entre os maiores rebanhos de bovinos, suínos e frangos conforme as informações contidas no Banco de Dados Agregados do Sistema IBGE de Recuperação Automática (Sidra).

 

PECUÁRIA – A PARTICIPAÇÃO DE MINAS GERAIS

 

POSIÇÃO NO RANKING

PRODUTO

% DA PRODUÇÃO NACIONAL

PRODUÇÃO            EM 2011*

Leite

27,3

8,4 bilhões de litros

Ovos

11,5

375 milhões de dúzias

Bovinos

11,0

22,7 milhões de cabeças

Suínos

12,9

5,0 milhões de cabeças

Galos, Frangos (as) e Pintos

7,3

75,2 milhões de cabeças

 Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

 

 

AGRICULTURA – ONDE MINAS GERAIS SE DESTACA

 

POSIÇÃO NO RANKING

PRODUTO

% DA PRODUÇÃO NACIONAL

PRODUÇÃO EM 2011*

Café

52,0

1.570.009

Batata-inglesa

31,6

1.196.417

Cana-de-açúcar

9,5

71.091.694

Feijão

20,0

627.999

Alho

17,0

18.093

Sorgo

24,3

431.497

Tomate

10,8

436.225

Abacaxi (*)

14,4

218.095

Banana

9,7

686.293

Milho

11,1

7.637.220

 Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
(*) Abacaxi Unidade de Medida = mil frutos



Minas Gerais sedia o Projeto Jaíba, maior área de agricultura irrigada da América do Sul, na região Norte do estado. A área total irrigada planejada para o projeto é de 67,7 mil hectares, dos quais 25 mil hectares já estão em produção. Das 30 diferentes variedades de frutas incluídas no projeto, o destaque é a banana-prata, da qual o Jaíba é o maior produtor nacional. O projeto se tornou também o maior produtor de sementes de hortaliças do país.

Com cerca de 22,7 milhões de cabeças em 2010, o rebanho bovino de Minas Gerais representa 11,0% do total nacional e ocupa o 2º lugar no ranking brasileiro. Já o rebanho de suínos, com 5,0 milhões de animais, equivale a 12,9% do total nacional. No que diz respeito às aves, o plantel de galos, frangas, frangos e pintos é de 75,2 milhões de cabeças e representa 7,3% do total do país. A produção de ovos no citado ano foi de 375,0 milhões de dúzias e contribuiu com 11,5% da produção brasileira.

A soma das exportações de carnes feitas pelo estado – bovina, suína, de aves e outras – chegou a US$ 832 milhões em 2011, crescimento de 11,0% em relação a 2010. Há grandes frigoríficos em atuação no estado, como o JBS Friboi, maior produtor de proteína animal do mundo, Mataboi e Frisa.

Líder na produção nacional de leite, Minas Gerais produziu 8,4 bilhões de litros em 2010, equivalente a 27,3% do total brasileiro. Graças à abundância de oferta de matéria-prima, grandes empresas do ramo lácteo atuam no estado.

Minas Gerais abriga a maior fábrica de leite em pó da Nestlé e a única fábrica da Danone. Destaque também para a Itambé, maior cooperativa brasileira de laticínios, e a Laticínios Jussara.

O estado lidera com folga a produção de café no Brasil. De suas terras deverão sair em 2012 mais de 1,5 milhão de toneladas, equivalentes a 52,0% da produção nacional. Espalhada por mais de 600 municípios do estado, a área cultivada ultrapassa 1 milhão de hectares. Sempre foi um produto apreciado pelos brasileiros e bem-aceito no mundo todo. O consumo continua crescendo ano após ano. Entre 2001 e 2011, saltou de 13,6 milhões de sacas para 19,7 milhões de sacas, de acordo com estatísticas da Associação Brasileira da Indústria do Café (Abic).

O café é o segundo principal produto da pauta de exportação de Minas Gerais, atrás apenas do minério de ferro. Em 2011, a venda de café para outros países rendeu US$ 5,8 bilhões a Minas Gerais, 14,0% do total das exportações do estado. Algumas das principais indústrias brasileiras do setor estão sediadas em território mineiro, como a Três Corações Alimentos, Café Bom Dia e Café Toko.

A produção de soja em 2012 deverá atingir 3,0 milhões de toneladas, 4,6% da produção brasileira, em uma área plantada de 1,0 milhão de hectares. O estado é o sétimo principal produtor do país e tem grande potencial de crescimento.

A produção de soja em Minas Gerais se concentra com maior intensidade na região Noroeste. Algumas das principais empresas mundiais com atuação no processamento e comercialização de soja e de outros grãos – Cargill, ADM, Louis Dreyfus e Algar Agro – têm operações expressivas no estado.

 

 



Foto: Agência Minas – Divulgação Seapa



 

 

 

 

 

 

Todos os Direitos Reservados.
Aspectos legais e responsabilidades
Política de Privacidade
MG Cidade Administrativa - Rodovia Prefeito Américo Gianetti, S/Nº
Serra Verde, Belo Horizonte, MG - CEP 31630-901
Tel. 155 - LigMinas