Tudo
Serviços
Unidades

Governo


Raul Soares de Moura

Raul Soares de Moura

Raul Soares de Moura (07/09/1922 a 04/08/1924)
Natural de Ubá (MG), nasceu em 7 de agosto de 1877 e faleceu em 4 de agosto de 1924
Filho de Camilo Soares de Moura e Amélia Peixoto Soares de Moura
Formação: Estudos secundários - Seminário de Mariana, ginásios de Barbacena e de Ouro Preto e Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de São Paulo .

Atividades

  • Promotor de Justiça de Santa Luzia de Carangola, atual cidade de Carangola
  • Professor de língua portuguesa
  • Colunista do jornal O Comércio, de São Paulo
  • Diretor da política da região de Visconde do Rio Branco
  • Vereador de Visconde do Rio Branco
  • Presidente da Câmara Municipal
  • Deputado estadual
  • Secretário da Agricultura, Indústria, Terras, Viação e Obras Públicas do governo estadual de Delfim Moreira
  • Secretário de Interior do governo estadual de Artur Bernardes
  • Ministro da Marinha no governo Epitácio Pessoa
  • Presidente do Estado de Minas Gerais pelo Partido Republicano Mineiro (PRM)

Trajetória

Vindo de família tradicional, recebeu lições de respeito às origens e à família. Circunstâncias que marcaram toda a sua trajetória de caráter nobre, tanto nas letras quanto na política. Sua vocação política foi revelada em decorrência da morte de seu irmão, em 1910. Foi casado, pela primeira vez, com Alice Reis Soares de Moura, que lhe deu o filho Saulo. Ambos faleceram prematuramente. Raul, então, conheceu e casou-se pela segunda vez com Araci Emília Von Sperling Soares de Moura.

 Exerceu a Promotoria Pública da cidade de Carangola, mas não permaneceu nesse cargo por muito tempo. Foi no exercício da advocacia e nas funções típicas de ministrar aulas, em Campinas, que se notabilizou como conhecedor do Direito e professor do Ginásio Estadual, lecionando fundamentos da língua e da literatura. Em 27 de novembro de 1909, com a criação da Academia Paulista de Letras, foi convocado fundador como ocupante da Cadeira 26.

Com o desaparecimento de seu irmão, vítima de assassinato, em 1910, Raul Soares voltou a Minas Gerais para ditar as diretrizes da corrente política de Visconde do Rio Branco. Depois de percorrer todos os caminhos políticos ¿ vereador, agente executivo, deputado estadual, secretário da Agricultura, Interior e Justiça, deputado federal, ministro da Marinha e senador da República ¿ Raul Soares foi empossado presidente do Estado de Minas Gerais em 7 de setembro de 1922.

Ainda no governo de Minas, veio a falecer em 4 de agosto de 1924, com 47 anos. Apesar de ter exercido o mandato por apenas dois anos, o governo de Raul Soares se notabilizou pela implantação do sistema de empenho prévio, que resultou no saneamento das finanças públicas, na criação da Caixa Estadual do Patrimônio Escolar e na defesa intransigente dos interesses nacionais, impedindo, assim, qualquer tipo de privatização.

Todos os Direitos Reservados.
Aspectos legais e responsabilidades
Política de Privacidade
MG Cidade Administrativa - Rodovia Prefeito Américo Gianetti, S/Nº
Serra Verde, Belo Horizonte, MG - CEP 31630-901
Tel. 155 - LigMinas